*Piscadinha*

Oi, gente! A doida didática voltou! 😉

Como isso aqui não é confessionário, vou direto para o assunto que interessa: CÍLIOS!

Sempre que esse assunto aparece nos blogs, vemos as melhores máscaras, os tipos de escovinhas, etc. Não vou deixar isso de lado (vai ficar para o post seguinte, ok?), mas aqui, a bronca vem antes, ok? Bora lá… Tentando resumir!

O uso da máscara de cílios serve para deixar o olhar mais aberto, expressivo e sexy. Algumas criaturas são abençoadas com cílios escuros, longos e fartos, daqueles que fazem parecer que a pessoa passou até lápis na pálpebra, bem rente aos cílios. Outras, não… Triste, triste! Os meus, por exemplo, são clarinhos e ralos, apesar de bem longos. Uso máscara preta ou marrom todo santo dia. O que podemos fazer? Vamos sair pintando, implantando cílios, pingando colírio? CLARO QUE NÃO, NÉ? Para cílios bonitos e saudáveis, recomendo LEITURA! Leiam esse post pra começar. 😉

O que me motivou a escrever sobre cílios (além do pedido de uma amiga querida) foi uma matéria que vi em uma revista sobre a descoberta de que um dos princípios de um REMÉDIO para glaucoma tem como efeito colateral o crescimento dos pelos. Sim, os cílios crescem dando mais volume e comprimento. Só queeeeeeee… O que não falam é que há outros efeitos como o possível escurecimento da pálpebra (quem quer uma mancha?) e da linha d´água. Os pelos podem nascer fora da linha dos cílios se você não aplicar direito. E gente, não é um cosmético, é REMÉDIO!!! Ainda bem que precisa de receita porque eu sei que, mesmo sendo perigoso, um monte de gente ia comprar!

Se eu recomendo? NÃO!!! Esquece isso! É um troço fenomenal, mas pode fazer mal.

Ficamos tristes então? Nããããããoooo!!! Existem outros produtos que podem ajudar e algumas atitudes boas que podemos tomar.

A M.A.C e uma marca chamada Talika (tem uns tratamentos bem malucos como um serum firmador de seios, mas é uma marca bem conhecida e confiável) têm produtos pró cílios de boneca. Não testei nenhum, mas vou procurá-los na próxima vez que viajar (tá dureza… $$$) e escrevo o que achei aqui, ok bonitas? Logo aí embaixo, os links do produto da M.A.C e a página da Talika.

M.A.C

Talika

Os produtinhos citados no texto: O da M.A.C junto com a "criativa" imagem da campanha (num força, né M.A.C?) e o Lipocils da Talika!

Os produtinhos citados no texto: O da M.A.C junto com a “criativa” imagem da campanha (num força, né M.A.C?) e o Lipocils da Talika!

Tá no liseu como eu? Tá sem grana, mas não tá com preguiça, né? Porque é assim: se você tem grana pra arcar com as consequências da preguiça depois… Eu não recomendo. Deve doer pra aplicar botox, fazer plástica, implante de cílios, etc. Vamos então pras boas dicas de SAÚDE! (Lá vem a louca da hidratação!) Beleza é uma questão de saúde!!!

  1. Vai dormir sem tirar a máscara de cílios? Tá doida, né? Vai acordar com os cílios duros e ressecados. Todos lá. NO TRAVSSEIRO! A química do produto desidrata os pelinhos e pode entupir as glândulas sebáceas e até os dutos lacrimais. As glândulas podem ficar irritadas e inflamar, enfraquecendo os pelos e os fazendo cair.
  2. Já leram as indicações dos hidratantes faciais que usam? Não vou nem falar nada de quem não usa hidratante, hein? Pelamor… A maioria é contraindicado para a área dos olhos. É melhor obedecer e usar um hidratante específico para essa área e ao usá-lo, você hidrata os pelinhos e os deixam mais saudáveis. Não exagerem na quantidade, já que “tudo em excesso faz mal” e não deixem cair dentro do olho.
  3. Usem bons produtos, DENTRO DA VALIDADE e desconfiem se o cheiro ficar “esquisitinho”.
  4. Curvex só ANTES de aplicar a máscara de cílios. NUNCA DEPOIS! Já disse que o produto resseca os cílios e o “trauma” do aperto do curvex pode arrancar ou quebrar os pelos. “Ahhhhh… Mas eu uso assim há sééééééculossssss…” Pode não ter acontecido com você até hoje. E amanhã? Vai arriscar, filha?
;)

😉

Dicas:

  • Se a máscara de cílios ficou durinha e não for à prova d´água, pode pingar umas gotinhas (vai testando de 2 em 2) de soro fisiológico e misture até conseguir diluir. Se for à prova d´água, já era. Ele não é à base d´água e não vai diluir.
  • Os melhores demaquilantes para remover toda a máscara dos cílios são os oleosos. Pode usar só nos cílios se você tem pele oleosa e depois lavar com o seu sabonete de rosto.

No próximo post, vamos ver os tipos de escovinhas e as dicas de produtos e de aplicação para arrasar na piscadinha! ❤

Anúncios

Segredo!

Batata de latinha! NHAC
Foto: Reprodução

“Tá louca, Mel? Batata frita? Isso faz mal e engorda!”

Aiiiii… Não deixam nem eu falar! Arf!

Bem… Você não é alimentação saudável o tempo todo, é? Se for, tem alguém perto de você que não é, certo?
Pois então lá vai meu segredinho:

Quando você coloca base, ou corretivo, ou sombra, ou qualquer outro item da maquiagem na mão, a pele absorve, “gruda” um pouco do produto e você vai perdendo um pouquinho. E vocês sabem como tudo é caro e vou confessar que eu sou bem econômica (pirangueira!). Aí, comecei a observar que alguns maquiadores tinham plaquinhas de metal onde depositavam o produto para depois aplicar com o pincel e fui atrás da ferramenta. Achei em lojas para maquiadores profissionais, mas sempre achei caro/desperdício.

Como eu resolvi? Tampa de batata frita! Pá!

O plástico não absorve o produto e como tem a bordinha que veda a latinha, ele evita que o produto escorra! Tenho umas 4 que fico revezando e uso para base, corretivo, delineador gel (ótimo para tirar o excesso do pincel e não perder muito produto!), batom (pra misturar cores), pigmento (para misturar com água e outros produtos para deixá-la cremosa)! Vidro também é bem legal! Tem uns patês que vêm nuns potinhos de vidro pequenos e baixinhos bem legais.

Que tal? Vão testar? Cuidado com a dieta e a saúde, hein? 😉

 

 

Cara lavada?

E aí, você abre a revista e no meio das matérias de moda e beleza está a entrevista com o galã do moemnto:

“Detesto maquiagem. Acho lindo quando vejo uma garota de cara lavada, sem maquiagem!”

Cara lavada, gato? Sério? Sem maquiagem? Então se a Kim Kadarshian resolver te dar uma chance, é isso aí embaixo que você espera dela?

“Oi, amooooorrrr!!!!”
Foto: Kim Kadarshian no hollywoodrag.com

Gente, homens (não tô falando dos nossos amigos homens com almas femininas, viu? <3) não sabem o que dizem, não sabem o que querem e mais importante: não entendem nada de maquiagem! Quando eles brigam e não entendem porque gastamos tanto com maquiagem, eles esquecem o que gastam com carros, ou cerveja, ou jogos, ou esportes, ou tantas outras coisas… Eles esquecem que não vêem as gatas da TV acordando ou sem maquiagem. A gente tem de ter uma super auto estima pra aguentar a falta de conhecimento dos nossos ogros!

A aparência de “cara lavada” não tem nada a ver com ausência de maquiagem! Mas o “look” natural tem o seu encanto! Não é todo dia que quero encarnar a diva Hollywoodiana. Às vezes, quero aquele ar de bonita e saudável com jeito de praia, sabe?

Um beijo, tá, meu bem? 😉
Foto: Sienna Miller – Reprodução

Agora as dicas e um passo-a-passo para um look “cara lavada” para nós! E deixem eles pensarem que acordamos assim… (O meu namorido já tá acostumando e até entendendo um tiquinho de maquiagem!)

1. Lavar o rosto com água gelada “acorda”, contrai os poros e melhora a pele!
2. Passar o hidratante e o filtro solar em movimentos circulares e suaves já diminui o inchaço, a vermelhidão e o aspecto de sono ou cansaço.
3. Uma gotinha de colírio em cada olho pra clarear e dar um brilho (esse é um segredo antigo meu!).
4. A “não maquiagem” começa com um corretivo leve (provavelmente, um líquido) nas olheiras, manchinhas e espinhas.
5. Depois, um bronzer suave ou blush cor da pele ou levemente rosado nas áreas do rosto onde o sol bateria normalmente (dá aquela carinha de saúde): maçãs do rosto, nariz e testa (só na parte perto da raiz dos cabelos).
6. Máscara de cílios incolor ou marrom (abre o olhar!)
7. Hidratante labial ou gloss (gosto dos que tem uma corzinha no fundo.).
8. Uma pincelada de pó para tirar o brilho se for necessário.

E pronto! Tá linda em dez minutinhos! É só esperar os elogios à beleza tão natural e clean e responder: “Brigada, mas não dá trabalho algum!” 😉 AAAAAiiiiiiii, papai!!!!!!

Beijos!!!!

 

Pincelada – parte 1

Esse negócio de maquiagem é complicado…
Antes, as pessoas que não eram profissionais não tinham acesso a pincéis. Eles só eram vendidos em locais especializados, não tinha em toda cidade, e a gente sempre via maquiadores falando em entrevistas que “não é possível fazer uma maquiagem bem feita e durável sem o instrumento correto, sem bons pincéis”!

Putz… Lá ia a gente atrás de pincéis e como era difícil! Aí, as empresas começam a fabricar e vender, as farmácias aparecem com num-sei-quantas marcas, lojas internacionais abrem no Brasil, só que… Os maquiadores passam a dizer que instrumento bom mesmo são esponjas (umas de formatos esquisitos) e os dedos!

Ah, váááá… Parece implicância de criança, viu?

Querem saber uma opinião bem sincera? Aguentaí porque lá vai:

É importante ter pincéis, esponjas e dedos. Mas se algum deles faltar, não tem problema! 😉 Pode-se dar um jeito. Para tudo ficar mais fácil, vou explicar aqui o que eu uso, para que serve e as maluquices que eu penso, ok? Espero também que vocês me digam o que usam e fazem porque eu também quero aprender! Vou dividir o assunto em partes e vou soltar uma parte por semana porque o assunto é longo. Depois da lenga-lenga, vamos ao que interessa: a parte 1.

1.1 – Os pelinhos

Podem ser sintéticos ou naturais! Os sintéticos são mais uniformes e as cerdas são mais durinhas, enquanto os naturais tem cerdas mais  “crespas” e são mais “fofos”. 
Como escolher entre natural e sintético?

Cerdas naturais embaixo (M.A.C) e sintéticas no pincel de cima (O Boticário). Esses são pincéis de blush.

Seguinte… O natural realiza uma aplicação mais esfumada, mais leve, consequentemente, mais natural mesmo! O sintético tem uma aplicação mais “dura”, consequentemente, mais precisa. Fazer a linha do delineador fica mais fácil com o mais durinho sintético, já aplicar o blush pode ser uma tarefa mais fácil para o natural. Nada impede que você consiga bons resultados independente do tipo, eles só vão facilitar em certas situações.

Outra diferença entre as cerdas é a absorção do produto. O sintético não absorve  produtos líquidos e cremosos, sendo então bem indicados para aplicá-los. Já as cerdas naturais são ideais para aplicar produtos em pó que precisam ser esfumados, ter uma aplicação mais natural, como um “degradê”.

Com essas informações na mão, podemos passar para o segundo ponto! Aeeeeeeee…

1.2 – Primer e hidratante

Vocês não leram errado! 😉 Quando o primer é mais líquido ou quando quero aplicar um hidratante mais “molinho”, eu uso um pincel de fibra mista, o conhecido como duo fiber. Ele mistura fibras sintéticas, que não absorvem o produto; e naturais, que fazem uma distribuição suave pelo rosto. Se o produto for mais grossinho, aplico com os dedos em movimentos suaves e leves batidinhas. Os dedos ajudam a ativação do produto e a absorção pela pele. Ponto pros dedinhos!

O tal “duo fiber”. Excelente para produtos líquidos e cremosos! Ele vai aparecer outras vezes e em outros posts! 😉 O de baixo é M.A.C e o de cima é Klass Vough.

1.3 – Base

Quando comecei o post, fiquei em dúvida se mostrava como eu uso ou como indicam. Resolvi mostrar o que eu uso  e explicar o porquê de “desvirtuar” certos usos.
Começando pela base: eu uso os dedos quando quero uma cobertura mais pesada, ou seja, quase nunca e só com uma base mais líquida e transparente para não ficar com cara de reboco. Nos outros casos (na maioria), uso pincéis redondos na base e retos no corte:

Pincéis para base: natural embaixo (Klass Vough) e sintético em cima (Prada).

O acabamento não fica marcado e eles dão um efeito de “polimento” na pele, distribuindo bem o produto e deixando o aspecto bem natural mesmo quando a base é mate. Uso o sintético para as bases mais líquidas e o natural para as mais cremosas.
O “duo fiber” (a foto já coloquei, né?) também faz bem o papel de pincel para base, basta espalhar bem para as cerdas sintéticas separadinhas não marcarem o rosto com um aspecto de linhas.

Menção honrosa para as enponjinhas! Elas são, na minha opinião, um meio termo entre o pincel e os dedinhos. A cobertura é bem boa e o acabamento é natural. Uso quando me maquio para ocasiões mais “sérias” como casamentos.

Esponjinhas esquisitas ótimas para base! O bico da esquerda (Belliz) e a parte fina da direita (Sephora) servem para alcançar os cantinhos e são boas pra aplicar corretivo também.

1.4 – Corretivo

Os pincéis indicados para corretivos são bem pequenos e eu fico com receio de ficar muito marcado, portanto, eu uso pincéis chapados indicados para base! “Começou a confusão, né Mel?” Desculpa, galera… Tô tentando ajudar! Mas é isso, prefiro esse tipo até mesmo porque a aplicação fica mais rápida, simples e natural. Ainda assim, não dispenso os pequenos, que servem para detalhes, para cobrir espinhas e cantinhos (como o da abinha do nariz). As cerdas desses são sintéticas para não absorverem muito do produto. Mesmo usando pincel, eu dou umas batidinhas com os dedos depois para o produto “assentar” melhor na pele.

O tradicional pequenininho (Elf) embaixo (que tá velho e descabelado!) e o de base (Marco Boni) que eu uso para corretivo <3.

1.5 – Pó

Vocês já sabem que eu não sou muito chegada a pó, né? A maior culpa da cara de reboco das meninas que vejo por aí é causada pela mão pesada no pó e pelo uso da enponjinha do estojo! Eu NUNCA uso a esponja! Nossa… Mas não é que eu não use pó, eu só tenho medo! Muito medo! 😉
O que pode ser feito para enfrentar esse medo? Usar um pincel adequado e passar onde é necessário! Tcham!
Para aplicar o pó, o melhor é escolher um pincel bem fofo que não vá depositar muito produto e vá  espalhar bem o pó e não PESARRRRRRR!!!!!!!! Os meus tão aí embaixo. Mesmo o sintético é bem fofinho e eu os uso para passar pó bem levinho com um brilho discreto como o Meteorites.

O sintético (O Boticário) tá embaixo e o de cerdas naturais (Belliz) é o de cima. Bem grandes e fofos. Sempre com pouco produto. É melhor reaplicar do que ter de tirar, porque pra tirar, só lavando o rosto e começando de novo, né?

Outro pincel que eu uso para pó é um pincel achatadinho para base de cerdas sintéticas. “É o que, Mel? De novo com esse pincel?” É menina… Ele é ótimo pra aplicar pó na olheira pra dar o acabamento no corretivo quando esse é cremoso e para passar pó na testa, no queixo e nos cantinhos do nariz (lugares que ficam oleosos mais facilmente). Por ser sintético, ele não acumula muito produto e ajuda a não dar aquela pesada de que eu fujo!

Pincel sintético para base que uso com pó (Contém 1g)! Pouco produto, lembram?

Agora, que já fizemos a pele, podemos relaxar um pouco! Tratem de descansar a caixola porque vai rolar muita pauleira na continuação do assunto! Ainda temos pincéis para olhos, acabamentos (blushes e iluminadores) e para boca! Estão preparadas? 😉

Beijos e boas pinceladas! 😉

Ps.: os lugares que compro pincéis: loja Audrey na Liberdade em São Paulo, Contém 1g, O Boticário, M.A.C (só quando viajo), farmácias em geral e nos seguintes sites:

Sigma
Coastal Scents
Cherry Culture